Ocorreu um erro neste gadget

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Conto de aventura

Aventuras Fantásticas é uma série de livros-jogos criada por Ian Livingstone e Steve Jackson, lançadas no Brasil pela editora Marques Saraiva e, em Portugal, pela Editorial Verbo.
Em 1982, após o lançamento de Dungeons & Dragons, Steve Jackson e Ian Livingstone tiveram a idéia de criar uma livro-jogo, misturando o conceito de RPG com os livros interativos já existentes na época. Dessa idéia nasceram as Aventuras Fantásticas (Fighting Fantasy, no original). Assim, já em agosto de 1982, O Feiticeiro da Montanha de Fogo estava nas livrarias, e, em poucas semanas, as 20 mil cópias da tiragem já tinham sido vendidas.
No ano seguinte, foram publicados A Cidadela do Caos e A Floresta da Destruição, e então a coleção já se consagrou como grande sucesso. Durante treze anos, novos livros-jogos (não apenas de autoria da dupla) foram publicados ininterruptamente até que, atingindo o seu número 59, após alcançar a marca de best-seller e vender mais de 15 milhões de cópias, a série foi cancelada. As aventuras fantásticas, então, já haviam sido publicadas em 22 países - entre eles: Israel, Noruega e Bulgária. Em 2002, a editora britânica Wizard Books ressuscitou a coleção, publicando novas edições dos livros, com capas e ilustrações diferentes das antigas.
A estrutura era semelhante a da série "Escolha sua Aventura", editada pela Ediouro, no Brasil, aonde o leitor encarnava o personagem principal da história. O leitor ia lendo a história até que o livro convidava este a fazer uma escolha. Cada escolha encaminhava o leitor para uma página diferente aonde a história continuava de acordo com a escolha feita pelo leitor. A principal diferença entre as duas séries é que em alguns livros da série Aventuras Fantásticas havia uma planilha, aonde o leitor anotava as características do personagem, como em um jogo de RPG. E as lutas deste eram decididas com o lançamento de dados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário